O que você deve procurar no sócio ideal

Veja dicas importantes que todo empreendedor deve estar atento na hora de escolher seu sócio


Conquistar sócios para a sua empresa não é uma tarefa fácil e é preciso pensar muito bem em quem será seu companheiro nessa jornada. É necessário ter uma série de critérios para que a sociedade não termine em desastre.



Confiança

Um dos pilares da sociedade é a confiança que um sócio tem no outro. Não há espaço vazio nem rachaduras na liderança que deem a impressão de que algo está errado na empresa. Sentir-se seguro com quem vai ser seu parceiro de negócios é fundamental. Quando esse clima já existe, é possível ir com velocidade máxima.


Complementaridade de competências

Esse é um dos lemas e das dicas que mais se ouve quando o assunto é sociedade. Ao procurar um sócio, você deve sempre ter em mente o quanto essa pessoa pode agregar ao seu negócio e que habilidades, que você não tem, ela pode suprir. Por exemplo, em muitos casos sempre há um sócio que é especialista em vendas ou marketing digital e o outro é focado na gestão do negócio. Enquanto um cuida de trazer clientes e promover a geração de lucro do negócio, o outro fica responsável por gerir a empresa.


Alinhamento de interesses e valores

Se você busca um sócio apenas para ter um investidor ou um profissional talentoso ao lado, corre sério risco de fechar as portas da sua empresa. Para garantir a confiança, é necessário que os sócios tenham os mesmos valores e interesses alinhados.

O que isso significa? Tomando como exemplo o típico sócio-investidor, ele aplicará o dinheiro na sua empresa esperando que a produtividade multiplique o investimento. Você está preparado para dar o retorno que ele espera no prazo desejado? E se isso não acontecer?


Inteligência emocional

Apontada como uma das competências fundamentais para os profissionais que desejam ter sucesso, a inteligência emocional está na base de qualquer relacionamento. Principalmente quando envolve negócios. A habilidade de reconhecer as dores e problemas do outro, saber se dirigir durante uma conversa e controlar as próprias emoções são alguns aspectos da inteligência emocional.


“Sociedade é que nem casamento” – é comum ouvir frases como essa quando se conversa com investidores e empreendedores. Afinal, você vai passar muito tempo com o seu sócio, dia a dia, lado a lado, resolvendo problemas e comemorando vitórias. Se a relação for problemática, o casamento ou sociedade não irá adiante. Se for necessário separar, poderá ser doloroso e custoso. Portanto, é bom ter um sócio compatível com você.


Abraços contábeis e até o próximo artigo (:




39 visualizações
  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Se inscreva para receber todos os nossos posts :)