Orçamento empresarial: entenda melhor o que é e como elaborá-lo

Entenda como funciona e de que maneira deve ser feito esse documento


Seja na sua casa, na padaria da esquina, na multinacional que fabrica seu celular ou no governo, planejamento financeiro é algo que não pode deixar de ser feito. Nem sempre, no entanto, fazem (com exceção das grandes companhias, que costumam ter políticas muito bem definidas sobre o assunto e acionistas cobrando resultados a todo instante). Você sequer faz uma lista de suas entradas e saídas, o dono da padaria não tem ideia de como anda seu fluxo de caixa, o governo gasta mais do que pode. E aí o resultado pode ir de um aperto nas contas a uma crise econômica. Não precisa ser assim, né?


Atendo-nos aqui especificamente ao contexto empresarial, existe um dispositivo muito importante no conjunto de ferramentas contábeis que é muito importante para manter as finanças sob controle. É o orçamento empresarial. Para você entender melhor, separamos aqui alguns tópicos sobre o assunto:


O que é?


É o documento que detalha/prevê todas as receitas e despesas da empresa ao longo de um período futuro determinado. Um fator importante a se considerar aqui é que essa previsão não deve se basear no histórico passado, simplesmente, mas numa análise objetiva das possibilidades futuras. Resumindo, o orçamento é o resultado de um processo que tem como objetivo prover o equilíbrio entre os objetivos estratégicos, as iniciativas e os meios financeiros adequados à sua execução.


O que deve constar no orçamento?


Despesas

Receitas

Investimentos

Caixa (Fluxo de Caixa Projetado)

Podem ser incluídos também:

Ativo fixo

Posições


Detalhe: tudo deve ser feito integrando as contas contábeis, para que o acompanhamento da execução do orçamento seja mais simples.


Ah, e quando tratarmos de orçamentos plurianuais, o mais comum é dividi-lo em:

Programas

Projetos

Atividades


Quais são as fases?


De modo geral, as fases são três: Inicial, revisões e final. Mas, de maneira mais detalhada, podemos visualizar:


1 - Levantamento dos dados e informações principais

2 - Análises (do orçamento, dos planos estratégicos e das informações coletadas)

3 - Composição do orçamento

4 – Elaboração do fluxo

5 - Finalização


Agora, mãos a obra para começar 2019 com tudo?!

E viu, se precisar de um help, só clicar na imagem abaixo e conheça nossos serviços voltados a área financeira.


Abraços contábeis e até a próxima!




  • YouTube - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Se inscreva para receber todos os nossos posts :)